Cerro das Almas, treino para os 16km

Esta semana tive dores nas pernas todos os dias, concluí que por ter exagerado na semana passada, corri de sexta a domingo sem trégua com toda a vontade do mundo e sem toda a condição do mundo. Mas enfim, o preço da felicidade. Neste sábado somente acompanhei o grupo sem correr para domingo ir com tudo em meu primeiro treino em ambiente semelhante ao que eu vou encontrar em Arroio do Meio. 

O grupo das meninas do Fragata além de mega animado e colorido, é super acolhedor e inspirador. Convidei minhas amigas da praia e nos juntamos no ponto de encontro para cedinho no sábado subirmos o Cerro das Almas. O clima estava maravilhoso, um pouco de frio e um sol abençoado. O mate no caminho, as conversas em dia, tudo isso compensou ter acordado as seis e meia em pleno final de semana. Estacionamos os carros perto da Pedreira, um trenzinho e um prédio abandonado entre lindas árvores, um lugar perfeito para acampar e fazer um piquenique. Saímos em direção a BR e minha expectativa era fazer o mais próximo de 16km que eu conseguisse. Já na primeira subida me senti cansada e pensei que 10 já seriam difíceis, mas não pensei muito. No seguir do percurso curti bastante, o cansaço era bom, a paisagem belíssima, a companhia divertida, a conversa com minha amiga estava ótima, e as pernas iam firmes, sem muito esforço. Já na última subida antes dos 5km o pulmão sentiu e dei uma diminuída até ter que caminhar uns 100m para depois retomar. Me entristeci um pouco, não queria caminhar, ainda não sei se teria conseguido se não tivesse caminhado, mas estava muito cansada. Então segui, decidida a completar os 10, mas já bem para trás. Nos 8km uma nova subida, um novo trote lento e mais 100m de caminhada subindo. E o mais incrível é que essa última caminhada não me pareceu descansar, eu estava cansada, mesmo caminhando, então eu ri sozinha. Sozinha modo de dizer, porque estava muito bem acompanhada. Cíntia, minha amiga corredora, voava na frente, Lucinare, corredora experiente e eu e Ana na luta, todas juntas, uma esperando a outra, no caso, todas me esperando, mas ao fim, ao ouvir as palavras: 10km gurias! sorri de corpo, alma e coração, cansada mas grata infinitamente por estar lá.

Mais uma semana então de treino, trabalho e sonhando acordada para as próximas provas. Preciso pesquisar sobre a calça que vou correr lá e também ando ansiosa com a agência que contratei, é tão estranho comprar passagem, pagar boleto e tudo mais com uma agência virtual, mas tenho certeza dará tudo certo, pedi várias indicações e foram todas positivas, agora é segurar a ansiedade mesmo. 


Bom treino, bons ventos, boas escaladas, bons MOVIMENTOS! Pois a vida se move e nós vamos atrás ou na frente dela! Boa semana de treinos para nós
Comer bergamota depois do treino não só pode como se for numa roda de chimarrão, deve!

Já no percurso, Cíntia, eu e Lucinare

Imagem geral do nosso acampamento e churrasqueira na Pedreira 

O dia lindo colaborou e muito com a motivação

Cíntia e eu firmes 


As três mosqueteiras da praia: Cíntia, eu e Gabi! 


Comentários

Postagens mais visitadas