10km

O dia de hoje parecia normal, o treino iria ser só mais um treino, mas a sensação de completar 10km com TRANQUILIDADE merece um registro. Minha quinta feira estava calma, por incrível que pareça, resultado de uma entresafra de alunos devido as férias escolares. Mas hoje deixei um pouco a preocupação de lado, dinheiro, contas de viagem, trabalho e ansiedade,  para aproveitar essa horinha a mais de um lindo dia de sol para treinar, já que tentei marcar mais duas aulas e não deu certo, já tinha cumprido minha tarefa e responsabilidade do dia. Dirigi até a praia ainda em dúvida se voltava para a cidade para correr em grupo ou se ia para casa e corria no meu conhecido percurso. Meu namorado então me liga neste interím me convidando para uma pedalada, e isso é muito novo, vê-lo completamente envolvido com o exercício, certo e determinado de sua 1h por dia de atividade. Arquitetei na minha cabeça que seria um bom dia para um longo já que teríamos no mínimo mais 1h de sol, ele poderia ir de bicicleta ao lado e eu completaria meus 10km. Saímos de casa eu com as tais meias compressoras, com a promessa de deixar meus músculos mais firmes e de sentir MENOS cansaço. Mas a sensação que tenho é a de MUITO cansaço na perna. Eu tinha corrido só na segunda feira, só pode ser essas meias, pensei. Sigo firme mais 10 minutos, o tijolo começa a pesar menos e a respiração melhora. Somente no km 3 é que me sinto ótima. Será que sou o reverso do exercício, cansada nos primeiros 5km? Será que eu demoro tudo isso para aquecer? Dos 5 aos 10 juro estava tinindo. Subi as duas elevações de alguns metros com um ritmo melhor de todos e terminei com 6:53 de média de pace e um tempo total de 1h 11min para 10, 3km de distância. 
No quilômetro final, não sei bem por quê, meu ânimo diminui pois minha mente remeteu de novo meu consciente a minhas preocupações: preciso chegar em casa e fazer isso, arrumar, lavar, organizar, pagar..vou estar exausta e ainda tenho mil tarefas. Mas a magia da corrida começou a dar o ar de sua graça nos 500m finais, a sensação de bem estar me levou a esquecer novamente os perrengues e cheguei em casa recomposta. 
Um banho demorado, uma janta leve e, sim, a casa arrumada e tudo limpo depois, me senti vitoriosa por ter, no meio da semana, corrido assim, 10km, como se fossem DOIS.



Sigo dividindo meus treinos, desejando com enorme gratidão vida longa aos sonhos, vida longa a nossos projetos e certa de tudo dar certo, muito certo, certa de chegar sempre onde tiver que chegar. Certa da alegria iminente, da fé na vida e no caminho. 
Feliz de ter saúde.
De ter todas as ferramentas para TUDO por vir. Ter trabalho, ter os dias nas minhas mãos, ter família, amigos. Ter amor. Dentro e  por mim. 
Boa semana

Comentários

Postagens mais visitadas