...adoro pessoas que cozinham com tofu e me ensinam sobre cebolinha..adoro as que tem agenda e para um simples café me pedem, já te ligo, preciso me organizar...amo as amigas amadas me alegrando no zap zap, e os amigos da montanha...gosto das pessoas que me tiram o chão, me modificam, me amam mas se amam mais do que tudo, mostrando como tudo é intensamente indecifrável e inpermanente e como não temos o controle de nada...adoro pessoas más, exigentes, injustas, pois elas me fazem endurecer, amadurecer, sobreviver e me tornar uma pessoa melhor...aceito também os não mais existentes, se foram, tiveram o seu papel, e já não os posso mais em minha vida...e agradeço muito por tudo mas principalmente por todos na vida....amo os que me fazem rir, às gargalhadas, e os que me trazem o passado divertido a minha porta..amo os parceiros, os motivadores, os inspiradores de projetos e sonhos...cada um é um tijolo tão especial, cada um passando ou passado é Alessandra. Sou quem vivi, convivi. Eu feliz, é cercada de gente. Sem concordância, sem humor, sem desamor, sem distância. Ah, sofremos sim, assim. Através dos outros, é a dor do mundo. Mas se não desse jeito, como viver?

Comentários

Postagens mais visitadas