Mate, Bagé y todo lo demás


    Mais um feriado de muitos preparativos e muitos bons momentos. Se estar entre amigos, em casa, caminhando por lindos lugares em que ali já estivemos e sempre vivemos boas histórias é tão prazeroso e divertido quanto se conhecer outros spots de escalada. Bagé sempre será um destino muito bom de se estar. 
   Mesmo não escalando tudo que eu gostaria, em outros aspectos foi tudo tão maravilhoso que não posso deixar de dizer que foi um feriado sem igual. Muitos amigos e uma parceria sincronizada em escalar bastante e desfrutar, o mais importante. 
    Andre nunca havia escalado por lá, e nós, apesar de já termos algumas pontas de corda divididas em Ivoti, Torres e RJ e mesmo sendo ele um dos melhores amigos do Duda, nunca havíamos dividido longas cordadas, betas, lanches, caminhadas, fotos, jantas e vinhos com o amigo. Sua paciência, motivação e personalidade tranquila fizeram os grandes momentos da viagem. Vida longa a essa parceria! 
     Uma grata surpresa de última hora foi a companhia do meu querido amigo Dubois. Eu voltava da faculdade já na sexta e manejando o celular no trânsito consigo responder a mensagem desse mineirinho marumbinista do anhangava combinando nossa escalada encontro. Um casal de amigos que nos completou e nos alegrou muito, além de nos honrar com a sua amizade, maravilhoso ver de novo o amigo e felicidade maior a companhia, finalmente, da minha amiga Míriam, adorei. 
     Com o resto da turma, sempre a companhia alegre, motivadora da Flô e do Filipe. Dessa vez aprendi além das receitinhas maravilhosas dessa minha amiga na cozinha, também na escalada alguns posicionamentos de pé com incentivo quando tentava sem sucesso a Mas que Diabos (7a) sem precisar tanto da força das mãos e enfiando o quadril/bunda pra dentro nessa via dificílima no Setor Chorreras. Muito motivador! 
Com as vias eu gostei muito de ter entrado na via ao lado da tarântulas, um sexto de uma leitura afiada e de um iniciozinho de pequenas agarras. Além do baita passeio no segundo conjunto e várias vias clássicas escaladas, escalamos várias outras no conjunto principal e ainda tentiamos nas Chorreras, pois o Andre e o Duda queriam provar outra vez as vias duras e bonitas desse setor. Por fim eu acompanhei o Dubois na Titiolina, uma via que eu já tinha feito de primeira e agora fui desfrutando calmamente, com outra leitura, de segundo. 
Começo a semana com aquela saudadezinha de estar acampada com os amigos e com aquela determinação de começar alguns treinos e dietas específicas para uma melhora na rocha, já planejando as futuras escaladas. Li semana passada também algo muito interessante que dizia que a melhor forma de não se sentir frustrada na escalada era conseguir aproveitar os bons momentos que as vivências na rocha proporcionam além de aprender que somos uma série de coisas além de escaladores. Somos bons amigos, somos profissionais, somos namorados, curiosos, alegres, trekkers, cozinheiros, fotógrafos, enfim, todas as pequenas grandes coisas que gostamos de fazer além de escalar. Pensar em outras coisas além da escalada ou deixar a escalada no plano de fundo da área de trabalho, por mais difícil que pareça,  as vezes significa usufruir outras maravilhosas janelas a se descortinarem, outros grandes prazeres e até afazeres novos. Que tal tentarmos abrir o olho então?

Cume num dia lindo de sol

Segundo conjunto: Duda, eu, Miriam e Dubois

Essa via é toda especial e fácil, apesar de bem exposta.
A Lajão já apareceu várias vezes por aqui pois sempre faço questão de repetí-la :->

Imaginou no dedo isso?
Um dia foi mar e agora é essa belezura toda

Dubois na Entre o Sol e a Lua
Huugeeee (enorme mesmo)
Duda e eu no segundo conjunto

Dubois, eu e os vizinhos marimbondos

Via filé!

...e eu chamo isso de paz e tranquilidade 
No segundo conjunto, Duda entrou nessa via bem dura do Omar, muy bien chico!



...e já de volta ao acampamento...

...energia boa e um bom vinhozinho...

Duda mandou de novo a Gerador (7a) desta vez de dia, num final de tarde bem bonito. Check!







Andre na Quase que Desisti

...sapatilha nova e superpoderes :))
...melhor hora do dia!!!

O cardápio era variado, especializado e caprichado!

Ratatouille francês, batatas cozida com molhos variados, guacamole e diversas saladas. E claro, vino!
...cansados, felizes e bem limpinhos (detalhe calça do duda)

Wow!

A turma do Crocs :->

Nosso car camp, em grande estilo, rápido, prático e bem quentinho

Amanhecer na Casa de Pedra

Quem acorda primeiro é quem faz o café :-P

...ei, você aí!

Florianne na via Níquel Cádmio (7b) e seu easter bunny da sorte

Duda, eu, Flo e Cícero concentrados

Duda na Mas que Diabos (7a)

A segue segura

A via Mas que Diabos com Andre escalando e eu na segue 

...segue estrelada e de unhas vermelhas...


Ali ó, mais pra direita...

Boas escaladas a todos, uma boa semana cheia de motivação, trabalho duro e já planejando the next trip! Venga! 




Comentários

Miriam Chaudon disse…
Esteve tudo lindo! Os dias ensolarados, as noites estreladas, as caminhadas, as escaladas e as novas amizades! E vamos repetir, não é mesmo?
EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
QUE VIBE BOAAAA
Bj Aleeee

Postagens mais visitadas