Slacke-se e tudo mais

Eu pinto por necessidade, não por bonito, não porque tenha habilidade ou tenha aprendido como mexer com os pincéis. Quando no curso, a professora me disse que minha mente inquieta e ansiosa somente poderia aprender os abstratos e eu jamais teria paciência para as flores ou paisagens. Passava vergonha com as tias da aula.
Assim como escrevo para dividir, somar, respirar.
Gosto quando alguém gosta. Gosto quando alguém lê. Mas na verdade escrevo porque preciso.
As coisas se organizam na minha cabeça quando eu conto a história. As emoções ficam fortes, as imagens vívidas e sensações revividas. Hoje eu cheguei em casa e pintei. Misturei um monte de cores, me servi um copo forte de rum e esvaziei a mente e tudo que poderia me fazer sincera e humana. Eu queria ser só aquela tela colorida e que nela ficasse tudo o que eu sentia.
É do mesmo jeito quando me equilibro na corda. Por um fio. Na corda bamba. Já experimentou a liberdade de conseguir se equilibrar assim? Concentrada e feliz. E mais ainda quando a gente divide com quem gosta, faz as pessoas sentirem a mesma coisa boa que você está sentindo.
Dividir o que sente escrevendo, dividir com quem ama o que você ama. Bom demais.
E você quando tem que somar, some não. Sinta sua companhia boa. Se divirta com suas alegrias. Suje sua mão de tinta e ria de si mesmo. De tudo de bom e tudo de ruim. Que o ruim é uma loucura, te digo uma coisa. Mas nada que uma tela mal pintada não cure, não. Bons ventos, só, não. Boas cores pra vocês.Slacke-se. Liberte-se.


A arte é a auto-expressão lutando para ser absoluta. Fernando Pessoa

Todas as pessoas tomam os limites de seu próprio campo de visão, pelos limites do mundo. Shopenhauer
Minha mãe, ampliando seus limites sem mesmo se dar conta disso

Minha irmã, que nem sabe seus limites
Escreve-se para preencher vazios, para fazer separações contra a realidade, contra as circunstâncias. Mario Vargas Llosa
Meu sobrinho, que, que bom, não tem ainda limites. E que nunca os tenha.
Bom final de semana. Sem limites.

Comentários

Miriam Chaudon disse…
É impressionante o poder que o Amor tem em nossas vidas! O Amor está ampliando seus limites, Alessandra, lhe mostrando a força e intensidade das cores da sua vida.
Que sejas assim...intensa nas palavras, nos sentimentos, no olhar que traduz as nuances de sua alma.
Beijo.
Alessandra disse…
...Miriam, talvez seja meu amor pela vida que por horas, mesmo desanimada, eu me force a observar as nuances de cor que há em cada tristeza. Obrigada pelo carinho, beijocas
Anônimo disse…
minha bonita de cabelos compridos e olhos de amêndoas, você é uma artista. e artista é assim, suspira nas tintas e nas letras. e como você está? eu sinto muita saudades de você, se cuide. muitos beijos do brian

Postagens mais visitadas