"TranquILHA"


Reunião Anual do Programa de Recursos Humanos da Agência Nacional do Petróleo em Florianópolis, SC.


Devidamente uniformizada palestrando sobre meu trabalho de doutorado


Cultivo de Microalgas em água de produção de petróleo para produção de biocombustíveis


Reitoria da UFSC, voltando aos tempos de Mestrado


Irmãzinhas Covenses no primeiro dia de matar a saudade


Pedalada até o sul da ilha, 22km curtindo


A bici da Bá


formação perfeita no morro das pedras e um dia lindo de sol



Lanche integral do Nutri!!!  Só quem já conhece
é que sabe do que eu estou falando...pão integral feito em casa
e molho da casa com limão e especiarias, suco de açaí com banana e por aí vai


O Nutri fica na estrada da Praia da Armação,
perto da Lagoa do Peri onde eu morava
e é cheio de produtos integrais, chás, frutas cristalizadas....


No caminho da lagoa do peri


Morro das Pedras


De bike pela ilha


de bike pelo caminho da lagoa do peri


...e está lá ainda, graças a deus.

e eu volto sempre quando dá :)



cachorrinho companheiro


Hora do Sufoco's


Fani querida


Polaca na TPM é isso aí ó


Tudo sempre tão bom e tão igual quando estou entre os meus, ai, amo essa gente


Florianópolis e suas particularidades, avenida da lagoinha e seus ruminantes itinerantes


A vida é bela por aqui...


Primeira e ÚLTIMA vez que ando de moto com a Lu. Sim, eu andei de moto com a doida da Lu.


Praia no novo campeche, rififi, coisas só para os locais,
Lu minha amada doidinha motoqueira (vi a morte de pertinho)


Brinde às amigas de tanto tempo!!!!


E a buana superou rápido seu medo de rotweillers, e eu não


O Ícaro é essa coisa fofa e maravilhosa da minha amiga Bequi. Feliz de estar compartilhando
 esse momento com esta guria que eu amo tanto


Porque quer conversar, vai na Hebe, porque a gente vai no Black Swan: música boa, cerveja e amigas melhores ainda


Ter amiga chef é outra coisa, quitutes caprichados antes da festinha e carteado.
Eu morria de saudade dos meus dias com essas meninas


Polaacaaaaa, te amoooo

Saudade sempre dessas duas!!! Moram no meu coração e eu sinto uma falta danada!


Certas coisas não mudam, e outras mudam muito, sem que a gente perceba. Eu jamais pensaria que iria até Florianópolis e não escalaria. Fiquei triste no domingo mesmo combinando um monte (eu e a Clá nos esforçamos), o tempo não ajudou no final de semana e também estar no sul da ilha dificultou uma passada rápida nos lugares de escalada, eu estava sem carro.
E então me dei conta que há coisas na vida da gente que não mudam mais, estão lá, solidificadas, enraizadas e firmes como rocha. São aqueles amigos, amores pra uma vida inteira, que viram parte de nossa história. Pessoas que choraram com a gente, riram, passaram bons e maus bocados. Com eles a gente fica a vontade, ri, e parece que se viu ontem. Conhece a casa nova, filho, carro ou i-phone novo (hahaha) mas está tudo igual.
Então passei dias assim. Ganhando colo. Matando a saudade. Andando de bicicleta. Indo a praia. Lendo um livro na beira da lagoa do peri. Comendo pão de queijo com nutella (sim, existe) e sushi na Lagoa. Vendo filme e comendo bolinho de chuva. Dançando numa festa até tarde e pulando o muro de pés descalços na volta. Indo pra praia a pé de ressaca de óculos escuros e coca-cola as 8h da manhã.

Certas coisas não mudam mesmo. Ainda bem.

Comentários

Anônimo disse…
Ainda bem que não mudam, e assim vão ficar. Te confesso que não tinha me dado conta do quanto fazes falta aqui na Ilha. Os dias ficaram mais coloridos, alegres, e divertidos. Relembrar das toalhas laranjas, das histórias, dos verões passados... E primaveras... outonos e invernos na Cova. Foi muito bom. E assim sempre será! Te amamos Tirolesa Queen! Volta SEMPRE!!!
Ana, tua pupila.

Postagens mais visitadas