Pelotas, doce Pelotas

Eu velejando e meu cabelo hard core (tá pensando o quê do vento minuano?)

98.09876 kcal/minuto de mordida

Grande hotel na praça Coronel Pedro Osório, onde passeio com os cachorros pela manhã

Baronesa





Lindo de morrer, não é?
Eu acho que me adapto bem a tudo ou sou otimista demais. O fato é que já estou adorando viver aqui, estou revendo tudo e descobrindo um monte de coisa além de curtir o frio e a paisagem de inverno. E me entupindo de doces. Ai, meu deus. Não está adiantando nada caminhar como uma louca com os cães, com a Fenadoce começando então, vou explodir (e nada de escalar ainda! nem vou pensar nisso). Mas ontem fiz um programa muito legal, fui com o Duda velejar pela Lagoa dos Patos saindo da Marina, onde minha irmã mora. O Duda tem um veleiro de oceano, show de bola, e mesmo sem vento conseguimos velejar um pouco no friozinho com direito a mate e pizza, e espero que até o fim do inverno eu aprenda os segredos das velas, cabos e as manhas do velejo, pra depois eu mesma ter meu próprio barquinho, um sonho antigo. Porque velejar é preciso...

Comentários

Parofes disse…
Isso é só pra quem pode! kkkkkkkkkkkkk
Ciça disse…
Aiii Guriaaa, que delicia de lugar!!! Deu até vontade de mudar pro Sul!
Lindas fotos!
Beeeesooossss!

Postagens mais visitadas