(para iniciantes) TUDO QUE VOCÊ QUERIA SABER SOBRE ANCORAGEM E NUNCA TEVE CORAGEM PRA PERGUNTAR




Ui!
Bem, buscando informações sobre a Bolívia cheguei até o master em Bolívia (o cara já foi 14x se não me engano) o Davi Marski, amigo do Tonto. E ele tem um site que amo, show de bola mesmo, só informações e vídeos altíssimo nível. E resolvi trazer algo pra vocês que acho sumariamenteee rocktivamente importantíssivamente primordial (gostaram?)
Sempre vejo os meninos fazerem mil técnicas de ancoragens, encordamentos, paradas diferentes. E cada um fala uma coisa. Como sou iniciante no esporte e não sei muita coisa (que o Nativo não leia esse comentário de sua aluna), sempre fico em dúvida quanto ao que é erradíssimo, o que é aceitável e se pode fazer num aperto, o que é padrão. Essa matéria tirou todas minhas dúvidas. Até vou colocar um trecho abaixo pra empolgar pra ler, porque realmente está super explicativa e prática principalmente pra galera que tá começando a escalar. Sem um monte de coisa, só o essencial mesmo. Legal, né? Beijos gurizes (esse post vai para os meninos que estão sempre me explicando sobre as paradas e especial para o meu querido LU que eu um dia teimei com ele no morro da cruz por causa disso, lembraaa lú??kkkk agora não te encho mais)(e
Parada equalizada com nó "boca-de-lobo" (A DA FOTO)
No caso em questão, estou ilustrando uma parada montada com um nó "boca-de-lobo" em uma chapeleta, mas poderia ser em um "P" que os motivos pelos quais isso está INCORRETO são os mesmos :
o nó "boca-de-lobo" diminui a resistência da fita em quase 45%. Ou seja, uma fita que foi projetada para suportar cerca de 2200N (Newtons) de força, em nó desse tipo, quase não suportaria a metade de sua especificação...
No exemplo, a coisa é crítica ainda pelas bordas afiladas de uma chapeleta... portanto, sem maiores comentários...

Comentários

Postagens mais visitadas